A copa do mundo em tempos de interação virtual

Em uma semana começa a Copa do Mundo de Futebol na Rússia, e o Google anunciou nesta quinta-feira (07/06) novidades para os fãs do esporte acompanharem os jogos em tempo real, com as ferramentas mais visuais e interativas. “Fui até Montain View para conversar como os desenvolvedores do Google lá nos Estados Unidos sobre como seria importante valorizarmos o futebol”, conta Berthier Ribeiro-Neto, diretor de engenharia do Google Brasil .

Com uma parceria com a Fifa e emissoras de TV em mais de 100 países as buscas sobre o tema, pela primeira vez, exibirão vídeos com resumo e destaques dos jogos imediatamente após a finalização de cada partida. Os famosos Doodles estarão no topo da página das buscas com longo dos 32 dias de competição exibindo ilustrações com o tema criadas por artistas dos países participantes.

Se o torcedor ainda tiver alguma dúvida, ele pode perguntar para o Google Assistente, que está preparado para responder a perguntas sobre a Copa da Rússia que podem ser desde histórico sobre partidas até questões sobre o andamento da competição, como probabilidades e estatísticas.

Para quem quiser assistir aos jogos fora de casa, o Google Maps informará os locais que se cadastrarem como pontos de transmissão dos jogos. Os lugares serão marcados com uma bola de futebol como “bom para assistir esportes”, informação que aparecerá na seção destaques. O Google Street View vai colocar o usuário “dentro” dos estádios de São Petersburgo e da Arena Otkrytie com imgens atualizadas dos locais e com o Google Earth será possível fazer um tour por todos os estádios da Copa com imagens de satélites.

A bola da Copa

A grande inovação é que a a bola para a Copa do Mundo 2018 traz um chip instalado que trará uma variedade de dados, como velocidade, deslocamento, entre outras informações. É a primeira vez que uma bola oferecerá tecnologia não somente para os jogos oficiais, mas também para os torcedores que a comprarem. O chip, no entanto, será passivo, para que a bola não seja hackeada.  Com um smartphone conectado, será possível interagir, como reconhecimento de localização, além de desafios de habilidade.

Além da tecnologia com microchip, a bola para o Mundial de Futebol possui tecnologia eficiente de impermeabilidade. Antigamente, as bolas chegavam a pesar o dobro de seu peso por conta da absorção da água.

Árbitro de video

Esta Copa terá o uso de imagens de vídeo para auxiliar árbitros em partidas de futebol – tecnologia conhecida como VAR, o que promete promover um grande impacto nas regras da modalidade.
“O que queremos é dar ao árbitro a possibilidade de contar com uma ajuda extra quando ele tiver que tomar decisões importantes – e na Copa do Mundo tomamos decisões muito importantes.” disse Gianni Infantino presidente da Fifa, que disse ainda que “não é possível que, em 2018, todo mundo no estádio e em casa saiba em alguns segundos se o árbitro cometeu um erro grave, e o próprio árbitro não – não porque ele não quer saber, mas porque nós proibimos ele de saber”. “O VAR vai ajudar o árbitro nisso, e então teremos partidas mais justas e transparentes”, argumentou.
De acordo com o protocolo de uso da International Board, os árbitros poderão recorrer ao auxílio eletrônico em apenas quatro situações em uma partida: gols, pênaltis, cartões vermelhos ou erro de identificação de um jogador em uma expulsão ou advertência.

Um comentário em “A copa do mundo em tempos de interação virtual

  • 9 de junho de 2018 em 14:23
    Permalink

    Padre Dione, sempre muito Iluminado!!!
    Que Deus, o guie e proteja SEMPRE!!!
    Abracos

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.