Dr Renato segue internado na UTI

O Dr Renato Amorim de Paiva, segue internado na UTI do Hospital Monte Sinai em Juiz de Fora, o médico foi hospitalizado nesta quinta-feira, dia 07, após uma piora no seu quadro de pneumonia.

A equipe de jornalismo da Rádio Cultura conversou com exclusividade com o médico especialista em Cirurgia Torácica, Dr. Jorge Montessi, que é diretor do Hospital, e ele nos explicou o que aconteceu com o médico Dr. Renato.
“Ele começou com um quadro de pneumonia no lado direito, e como um excelente clínico que é se medicou tomando o antibiótico correto, mas não obteve melhora. No domingo, dia 02, ele fez uma radiografia e a lesão tinha se se estendido para todo o pulmão direito, então ele usou uma medicação venosa, com um antibiótico mais forte, esperando melhora.
E nesta quinta-feira ele deu entrada no Hospital Monte Sinai com uma insuficiência respiratória bastante intensa, num quadro muito grave. Foi detectado que a lesão progrediu para os dois lados e ele foi entubado. Nos comparativo dos exames de ontem (06) para hoje (07) obteve-se uma melhora considerável. Ele tem a idade que dá esperança, é relativamente jovem, e a gente acredita que se Deus quiser ele vai sair bem.
Tanto os exames laboratoriais quanto os exames de gasometria, que mede a oxigenação do sangue, tiveram melhora. O quadro inspira muitos cuidados, a evolução ainda não se sabe como vai acontecer, mas essa melhora deixa bastante otimista o grupo que está tratando dele quanto a melhora. Foi importante que ele fosse ao hospital e ter sido rapidamente atendido”.

Dr. Montessi Diretor do Hospital Monte sinai

A Rádio Cultura explicou ao Dr. Montessi toda a preocupação da cidade com a saúde do Dr Renato, que inclusive foi alvo de Fake News sendo espalhado através das redes sociais que o clínico teria falecido, dando conta inclusive do local do velório, sobre isso o diretor do Monte Sinai foi enfático:

“Não tem nenhum motivo para se pensar em falecimento, e a gente acredita que evolutivamente ele vai sair bem.”

Na parte da manhã a assessoria de comunicação do hospital, disse ao jornalismo da Rádio que o estado do Dr. Renato era grave e instável e que ele estava sedado. Um novo boletim emitido à tarde, dizia que o quadro dele se encontrava sem alterações.

A Rádio Cultura, deseja junto com todos os seus ouvintes melhoras ao Dr. Renato. E rechaça que qualquer informação por mais simples que seja não seja repassada de forma impensada nas redes sociais, evitando assim o compartilhamento de notícias falsas.

Rádio Cultura jornalismo com Credibilidade e Responsabilidade Social.