Gestão compartilhada favorece produção de queijo artesanal

Minas Gerais tem tradição na produção de queijos. Quer agradar um amigo que vive em outra região do país, leva um queijo. è certeza de alegria e renderá um abraço especial.
Um trabalho de gestão compartilhada, em Conceição do Mato Dentro, na região Central do estado, tem rendido bons frutos para a cadeia produtiva do queijo Minas artesanal do Serro, fabricado no município. A Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Minas Gerais – Emater, a prefeitura municipal, uma ONG Internacional, outras instituições lá da região de Conceição do Mato Dentro e os produtores locais implantaram o projeto em julho de 2017, a partir da criação de uma mesa setorial.
A partir de muita conversa e de debates sobre a atividade, os produtores ganharam capacitação técnica, motivação e os consumidores tem na mesa produtos de alta qualidade gastronômica e com muito mais segurança na origem e qualidade dos produtos. Nada melhor que a troca de experiências, um bom planejamento para realizar as atividades e os resultados vem.
É a Gestão Partilhada que valoriza e atrai o interesse dos produtores pela certificação do queijo, produto considerado estratégico no município, por ser melhor remunerado que o leite. Já são três produtores com queijos cadastrados no Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA), 30 em processo de certificação e dez aptos à certificação. 
E se você tem uma boa notícia do seu agronegócio aqui na região de Santos Dumont manda pra gente divulgar. Além de falar aqui na rádio nós vamos colocar também lá na internet. Combinado????
Clique aqui para conferir a matéria completa.