Projeto contempla revitalização do Museu Parque Cabangu

Santos Dumont é uma cidade com grande potencial turístico. Esta inserida no circuito do Caminho Novo trecho pertencente ao Circuito da Estrada Real um dos maiores projetos turísticos do Brasil. A 45 km de Juiz de Fora, se localiza no meio do eixo Belo Horizonte, Rio de Janeiro, ficando a 210km de distância da primeira e a 229km de distância da segunda.

O Museu Casa Natal de Alberto Santos Dumont é uma área de 365 mil m2 que guarda espelhos d’água, cascatas, quiosques, jardins, arvoredos e passarelas que abriga um grande acervo sobre a sua história e a história da aviação além de uma ampla área verde, fica situado no Vale da Mantiqueira onde há uma antiga estação ferroviária tombada pelo Conselho do Patrimônio Histórico do Município e de grande valor histórico.

Imagem: Google Maps

Projeto milionário

O projeto orçado em R$12 milhões, demonstra a necessidade urgente de melhorar a infraestrutura física das instalações do museu e do parque que compreendem a Casa Natal de Alberto Santos Dumont para recepcionar de forma mais adequada os turistas que visitam o local em busca de conhecimento e lazer, realizando melhoria da infraestrutura das instalações existentes, através da sua reforma e restauro, a construção de novas instalações em substituição aquelas que estão interditadas e inabitáveis e a criação de novas instalações com a finalidade de aumentar a atratividade do museu e o tempo de permanência dos seus visitantes.

Princípios do Projeto

– A importância histórica nacional e internacional da memória de Alberto Santos Dumont como pioneiro incontestável da aviação mundial;

– A proteção do Patrimônio Artístico e Cultural brasileiro garantida pela Constituição Federal e legislação correlata, considerando que o parque e seu acervo são protegidos em todas as esferas governamentais, federal, estadual e municipal;

– A importância do Turismo para fomento da economia local conforme diretriz de desenvolvimento identificado pelo diagnóstico realizado pelo SEBRAE MG e ratificado pelo Plano Diretor de Desenvolvimento Urbano Municipal Lei 4.241 de 19 de dezembro de 2012.

Importância do Turismo para o Desenvolvimento

Santos Dumont tem em suas raízes a história dos inconfidentes, da ferrovia e de muitos empreendedores que desbravaram e contribuíram com o seu desenvolvimento, conta hoje com uma economia baseada no comércio varejista, nas pequenas empresas de gêneros alimentícios, vestuário e metalúrgico, além da prestação de serviço, agronegócio (agricultura familiar) e um pequeno fluxo de turistas.

Imagem: Site IdasBrasil

Atualmente no Brasil, a indústria do turismo tem se tornado um importante instrumento para o crescimento econômico. Vem crescendo e contribuindo não só com a geração de renda, mas também para o desenvolvimento do capital social.

Proposta de Revitalização

Buscando potencializar o turismo do município e região o projeto vislumbra transformar o parque em mais que um museu dedicado a memória de Alberto Santos Dumont. O objetivo é transformá-lo em um atrativo de cultural e lazer que explore além da memória o legado da genialidade do inventor Santos = Dumont, associando o espaço do museu tradicional com a criação de atrativos de lazer e entretenimento de forma a aumentar a permanência do visitante e atrair novos turistas.

1 – CASA NATAL DE ALBERTO SANTOS DUMONT

Pelo diagnóstico do IEPHA se encontra em bom estado de conservação, “apesar de apresentar envelhecimento no seu revestimento de pintura e marcas de descascamento pontuais em sua alvenaria”, dessa forma a necessidade de restauro que atenda aos problemas apontados. Além disso, a instalação de equipamento para monitoramento climático em toda a casa, e circuito interno de TV para monitoramento, garantindo a segurança do acervo.

2 – SEDE ADMINISTRATIVA

Uma edificação recente do complexo museológico, construída em 2006, e abriga funções que não são abertas ao público receberia a climatização de ambientes para manutenção do
acervo técnico, arquivo histórico e laboratórios que a sede abriga.

3 – HANGAR (ESTRUTURA PROPOSTA)

A construção de uma estrutura que fará as vezes de um hangar realizará a exibição de réplicas em tamanho real das criações aeronáuticas de Alberto Santos Dumont, além de outras aeronaves de importância para a história aeronáutica nos moldes do museu aero espacial sediado na cidade do Rio de Janeiro.

O espaço abrigará um simulador de voo e expositores interativos multimídia com conteúdos variados sobre a evolução aeronáutica a partir do legado de Alberto Santos=Dumont. Contará ainda com uma área de alimentação com lanchonete e área de apoio (cozinha, banheiros). Fará a integração natural entre o lago à frente dos pavilhões com o lago do chafariz através de uma passarela/rampa que ligará os dois níveis.

Imagem do projeto

Sua construção está prevista em uma área que atualmente é ocupada por um bosque fechado ao público. A construção foi projetada para que sua altura total esteja a baixo da cota de piso da Casa Natal de Santos = Dumont de forma que não será visível dos pontos de vista da casa a partir da entrada do museu.

4 – PAVILHÕES DE EXPOSIÇÃO

A estrutura que abrigava as exposições temporárias da Instituição não cumprem mais sua função desde a interdição pela Defesa Civil da cidade e também da Aeronáutica, por parte da EPCAR. Os Pavilhões estão com sua estrutura ameaçada por ataque de insetos xilófagos, comprometendo a segurança de visitantes e das coleções que ali eram abrigadas.

Os atuais pavilhões serão substituídos por novos com uma linguagem arquitetônica que mantem o diálogo com a
arquitetura dos pavilhões atuais, porém com o uso de materiais contemporâneos como aço cortem, concreto aparente, madeira e vidro, criando um contraponto entre a arquitetura e seu entorno.

Imagem do projeto

O Pavilhão será dividido em três salões expositivos, no central estão localizados os banheiros para público. E um segundo pavimento será destinado a guarda e manutenção do acervo. Atenderá as exigências técnicas museológicas através de controle climático e iluminação adequada para conservação do acervo, projetado de forma a atender as atividades cívicas que acontecem anualmente nas datas comemorativas em memória de Alberto Santos Dumont.

5 – PRAÇA DE ALIMENTAÇÃO

O local interditado em que funcionava a Praça de Alimentação passará por uma reforma estrutural geral para receber os turistas proporcionando-lhes refeições diversas, que irão desde lanches até almoço uma vez que, pretende-se com a revitalização do parque que o visitante passe o dia conhecendo as atrações do museu.

6 – CAPELA NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO

Passará por uma restauração sendo inserida no circuito de visitação. Localizada no ponto mais alto
do parque, será acessada através do teleférico e do mirante que pretende-se construir. Atualmente, o acesso se dá através de uma trilha na mata que não é aberta aos visitantes.

7 – TELEFÉRICO

Para proporcionar ao visitante do museu a experiência de “voar” o projeto prevê a construção de um teleférico que ligue a praça de alimentação até o ponto mais alto do parque que está em uma altitude de 1.100 metros e possui uma belíssima e ampla vista da Serra da Mantiqueira a partir de um mirante. O teleférico fará um trajeto de 400 metros por cima da mata.

Foto: Facebook Museu de Cabangu Vista de cima da pista para Asa Delta no terreno da Fazenda Cabangu, imagem da Serra da Mantiqueira, túnel do trem e o vale profundo

Dinheiro para o Projeto

Como exposto o Museu e Parque de Cabangu – Casa Natal de Alberto Santos Dumont temos um grande potencial turístico inexplorado e, por outro lado, graves problemas de conservação e exposição do acervo. O projeto elaborado pela Volpi Consultoria à pedido da Administração
Municipal, busca solucionar a atual precariedade de conservação do parque e do acervo através do financiamento de esferas superiores, com a captação de recursos federais do Ministério da Cultura e do Ministério do Turismo, podendo ainda contar com recursos particulares de empresas afins que tenham a intenção de exploração comercial de determinado espaço.

Vista aérea do Parque e Museu Cabangu

Fonte:

Revitalização e Adequação do Museu Parque Cabangu Casa Natal de Alberto Santos = Dumont
Idealização – Prefeitura Municipal de Santos Dumont
Supervisão Técnica: VOLPI Consultoria e Administração de Empresas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *