Museu de Cabangu espera por restauração

Quem vai fazer o projeto?

Conhecer o Museu de Cabangu é entrar na história do Pai da Aviação de maneira simples e direta. Ver o acervo de documentos e peças em exposição, permite enxergar muito além da invenção de Alberto Santos Dumont. É ter contato com a história de um homem, de rara inteligência, comparável a pessoas do nosso tempo como Steve Jobs inventor e magnata da Apple, Mark Elliot Zuckerberg fundador do Facebook, Jan Koum fundador do WhatsApp e outros que nos permitem voar alto nas “asas” da tecnologia e na velocidade da Internet.

E se Santos Dumont vivesse hoje num mundo globalizado e com tanta rapidez na informação? Graças a tecnologia o mineiro de Palmira, o Pai da Aviação, voou “AO VIVO” com sua invenção, na abertura dos Jogos Olímpicos em 2016.

Na quinta feira, dia 19 de outubro de 2017, eu a Jornalista Alessandra Batista fomos recebidos pelos irmãos Thomás Castelo Branco e Mônica Castelo Branco na Casa de Cabangu. Thomás Castelho Branco falou dos Pavilhões e de todas as instalações do parque que foram tombados pelo IEPHA em 1972. Passados mais de 45 anos são necessárias obras para restaurar o complexo. É preciso ter um projeto arquitetônico detalhado, com aprovação das instituições que atuam sobre as políticas públicas de defesa do patrimônio cultural. Os estudos confirmariam uma previsão do valor do trabalho que ficaria em torno de 10 milhões de reais. O próximo passo seria buscar os recursos para o financiamento e implementar o projeto. A burocracia e a falta de estrutura dificultam e atrapalham a realização desta etapa tão importante. O diretor da Fundação Casa de Cabangu disse que tem esperança de ver a obra realizada. Acredita que vai aparecer alguém interessado em colaborar e fazer um projeto bem detalhado, indicando técnicas especiais de restauração necessárias para manter a originalidade de toda parte estrutural dos Pavilhões.

Thomás Castelho Branco disse que o Museu de Cabangu conta com um grande aliado que é o Secretário de Estado da Cultura de Minas Gerais Ângelo Oswaldo. O Secretário, que já visitou o local outras vezes, é esperado na terça feira dia 24 de outubro na comitiva do Governador Fernando Pimentel no dia da entrega da Medalha de Santos Dumont. Será a oportunidade para mais uma conversa.

O Museu de Cabangu fica a 16 quilômetros do centro da cidade de Santos Dumont MG. Mantém suas características primitivas com a preservação da área verde e o chafariz do lago. Alberto Santos Dumont desenvolveu e implantou o sistema do jato de água por gravidade que funciona até hoje.

Nós da Rádio Cultura de Santos Dumont acreditamos que uma parceria neste sentido será viável. Na próxima reportagem a conversa de Alessandra Batista com Mônica Castelo Branco, Curadora do Museu de Cabangu.

 

Produção, reportagem, fotos e edição
Sérgio Rodrigues e Alessandra Batista

2018 RÁDIO CULTURA 70 ANOS

Abaixo fotos internas dos Pavilhões quando ainda estavam abertos ao público:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.