IF Sudeste MG tem cadastro gratuito e seleção sem prova até 8 de agosto

Está terminando o prazo para aproveitar oportunidades gratuitas em diversos níveis de ensino no Instituto Federal do Sudeste de Minas Gerais (IF Sudeste MG). As inscrições no Processo Seletivo 2021.2 da instituição terminam já em 8 de agosto, um domingo, e podem ser feitas pelo site ifsudestemg.edu.br/processoseletivo. São mais de 800 vagas para cursos técnicos, de graduação e de pós-graduação, distribuídas entre as cidades de Bom Sucesso, Juiz de Fora, Manhuaçu, Rio Pomba e Santos Dumont. Todas as formações são gratuitas, assim como o cadastro para participar da seleção.

As 246 vagas em Santos Dumont estão distribuídas por diversas modalidades. Engenharia Ferroviária e Metroviária e Especialização em Práticas Pedagógicas na Educação Contemporânea são as opções, respectivamente, para graduação e pós-graduação lato sensu. A maior parte dos cursos (seis dos oito ofertados) é do nível técnico, respondendo a uma grande demanda do país.

Reportagem de 4 de julho deste ano do jornal O Globo traz uma estimativa da Confederação Nacional da Indústria (CNI) de que, até 2023, faltarão cerca de 300 mil profissionais de nível técnico para este setor, indicando um grande número de oportunidades na área. À parte os cursos técnicos em Administração e Guia de Turismo (que pertencem aos também fundamentais eixos Gestão e Negócios e Turismo, Hospitalidade e Lazer), as outras quatro formações oferecidas pelo Campus Santos Dumont são justamente do eixo tecnológico Controle e Processos Industriais: Automação Industrial, Manutenção de Sistemas Metroferroviários, Mecânica e Eletrotécnica.

Em entrevista concedida à Rádio Cultura de Santos Dumont em 22 de julho, o coordenador do curso técnico em Automação Industrial, professor Luciano Gonçalves, falou sobre a relevância do profissional. “O aluno de Automação Industrial do IF vai ter um conhecimento amplo que permite a ele atuar em diversas áreas que possam automatizar algum processo, seja numa empresa, para instalação de um software ou desenvolvimento de um sistema, ou na indústria. Acho que o curso está bem desenhado para atender os alunos que queiram se aprofundar nesta área da tecnologia, dos diversos tipos de automação”, avaliou.

Na mesma conversa, o professor Marcus Vinícius de Paiva, que coordena o curso técnico em Manutenção de Sistemas Metroferroviários, também apontou perspectivas favoráveis para o setor. “A área de Ferrovia está sempre em expansão. A pandemia mostrou que o sistema logístico brasileiro depende muito da Ferrovia. E esta área não é composta apenas pelas concessionárias: existem muitas empresas em volta delas, que prestam serviço e fornecem equipamentos. Além disso, como nosso curso oferece conhecimentos tanto em Elétrica e Mecânica, a gente ainda tem a própria indústria absorvendo bem os nossos egressos. Então eu acredito que emprego não vai faltar”, analisou o professor. 

Inscrições

A inscrição deve ser realizada até 8 de agosto pela internet, em ifsudestemg.edu.br/processoseletivo, mas, para os candidatos que precisarem, o campus do Instituto Federal em Santos Dumont também presta atendimento presencial: terças e quintas-feiras, das 8h30 às 11h30 e das 13h30 às 17h30, na Rua Técnico Panamá, 45, Quarto Depósito. O uso da máscara é obrigatório para todos os candidatos durante o atendimento presencial.

O acesso aos cursos é sem provas tradicionais: valem notas do 9º ano do Ensino Fundamental (Matemática, Português, História e Geografia) para cursos técnicos, notas do Enem (qualquer edição de 2015 a 2020) para graduação e critérios específicos para pós-graduação (no caso da especialização ofertada em Santos Dumont, análise de uma carta de intenção e do currículo, que precisam ser enviados no ato da inscrição – detalhes no edital). No caso do preenchimento de notas, elas devem ser comprovadas por documentos como histórico escolar (ou equivalente, como uma declaração da escola) e Boletim do Enem, dependendo da modalidade. Mais informações estão nos editais, também na página da seleção.

Turnos e vagas

Graduação:

  • Engenharia Ferroviária e Metroviária, 21 vagas (do Processo Seletivo, além das 9 via Sisu), Integral, 5 anos.

Cursos técnicos concomitantes ao 2º ou 3º ano ou subsequentes:

  • Administração, 35 vagas, Noturno, 1 ano e meio;
  • Automação Industrial, 30 vagas, Vespertino, 2 anos;
  • Eletrotécnica, 30 vagas, Noturno, 2 anos;
  • Manutenção de Sistemas Metroferroviários, 35 vagas, Noturno, 2 anos;
  • Mecânica, 25 vagas, Noturno, 2 anos.

Curso técnico subsequente a distância:

  • Guia de Turismo, 40 vagas, 1 ano e meio.

Pós-graduação lato sensu:

  • Especialização em Práticas Pedagógicas na Educação Contemporânea, Aulas às sextas (noite) e sábados (manhã e tarde), 30 vagas, 1 ano.