UTI-COVID 100% ocupada

Neste sábado (02) a UTI-COVID do Hospital de Misericórdia de Santos Dumont atingiu 100% da ocupação dos 10 leitos disponíveis na UTI.

Dos 10 pacientes internados 7 são de Santos Dumont e 3 de cidades da região, uma vez que o Hospital foi habilitado em Junho pelo Ministério da Saúde para se tornar referência para Covid-19, ou seja, passa a ser um dos hospitais da macro região habilitado para receber pacientes de covid das cidades vizinhas.

No último dia 28 de dezembro a Prefeitura de Santos Dumont seguindo as recomendações da Macro Região estabeleceu a onda vermelha até o dia 07 de janeiro, o que gerou protestos por parte de comerciantes e comerciários.

De acordo com a secretária de Saúde, Rosângela Garcia, o fechamento do comércio serviria para evitar o aumento no número de casos na cidade, uma vez que o Hospital é referência para a região, se o número de casos na cidade aumentar, a população poderia ficar sem as vagas ocupadas na UTI tanto por pessoas da cidade quanto por pacientes de cidades da região.

O trânsito foi fechado por dois dias seguidos durante as manifestações, de acordo com as mídias sociais da prefeitura a casa da secretaria de sáude foi invadida dia 29, e algumas lojas da cidade mantiveram suas portas abertas, ou em atendimento restrito descumprindo o Decreto n 3.412.

Apenas 6 dias depois do decreto a ocupação da UTI chega a sua capacidade máxima de atendimento. Existe ainda a possibilidade de que a onda vermelha tenha sua data extendida, ou ainda de acordo com orientação do Comitê Covid, deixada na área amarela.

Nesta segunda-feira 04, o jornalista Sérgio Rodrigues traz mais informações, sobre a situação da COvid-19 em Santos Dumont e também na região, fique ligado à partir das 8h30 na 1580AM ou aqui pelo site.